top of page

92% dos portugueses afirmam ter carro próprio e mais de metade utiliza-o todos os dias

Mais de metade dos portugueses afirma que utiliza o automóvel próprio todos os dias e 73% dos inquiridos consideram é imprescindível para a organização familiar



O automóvel continua a ser um meio de transporte imprescindível aos olhos dos portugueses. A Liberty Seguros constatou que, em Portugal, 92% das pessoas têm um automóvel próprio e 7% não possuem automóvel próprio, mas têm acesso a um na casa onde vivem.

Os dados são resultado do estudo “Uso do automóvel” desenvolvido pela Liberty Mutual com a Kantar e a Red C para a Liberty na Europa (Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte) em julho e agosto de 2023. Dos 500 portugueses inquiridos, 51% afirmam que utilizam o automóvel todos os dias e 33% confessam recorrer a este meio de transporte várias vezes ao dia. Apenas 7% utilizam o automóvel apenas durante a semana.

Este meio de transporte é ainda preferido quando comparado com outros como os transportes públicos coletivos, escolhidos por 18% das pessoas. Do total, 86% optam pelo automóvel. Os restantes apontam a bicicleta ou trotineta elétrica, mota própria, táxi ou veículos TVDE e automóveis ou motas partilhadas como solução para se deslocar.

Entre as principais justificações para o uso do automóvel, 73% dos portugueses apontam que o automóvel é imprescindível para a organização familiar e/ou pessoal e 23% afirmam que, ainda que não seja essencial, o automóvel facilita a organização do dia a dia. Um total de 3% confessam considerar o automóvel desnecessário, utilizando outros meios de transporte e 1% indicam mesmo que este aporta mais custos do que benefícios.

“Os resultados deste estudo mostram-nos que o automóvel continua a ser fulcral na gestão das famílias portuguesas. Para a Liberty, é importante que o uso regular deste meio de transporte venha acompanhado da contratação de um seguro à medida das necessidades e que proteja os condutores e todos os que andam na estrada diariamente”, afirmou José Luis García Camiñas, Diretor Executivo de Produto da Liberty Seguros na Europa.


Utilização do automóvel em segurança

A contratação de um seguro de Responsabilidade Civil Automóvel é obrigatória e garante a indeminização por danos corporais ou materiais causados a terceiros e às pessoas que seguem no veículo, excluindo o condutor. No entanto, além disso, é importante perceber qual a frequência com que irá utilizar o carro e quais as viagens que irá fazer, e contratar as coberturas indicadas para este fim.

As ofertas são variadas e, por essa razão, todos os proprietários de automóveis devem estar alerta para as condições das mesmas. Ainda que existam seguros possíveis de contratar apenas online, nos casos de pouca familiarização com termos e condições, abordar um mediador é a opção mais indicada, uma vez que o conhecimento, acompanhamento e proximidade são fulcrais neste processo.

A escolha de um seguro depende também da idade do condutor e do seu histórico de acidentes, bem como o valor do carro, uma vez que este dado poderá obrigar a seguros com um maior número de coberturas, e da zona em que o proprietário vive dado que, se for um local com algumas condicionantes meteorológicas, poderá obrigar a coberturas específicas.

Comments


bottom of page