top of page

A variedade d’O Gato Comeu-te a Língua chegou a Matosinhos e Braga

Depois do sucesso em Vila Nova de Gaia, o Gato Comeu-te a Língua abre duas novas casas, em Leça da Palmeira e Braga. Crepes e waffles, mas também salgados e pratos quentes integram o cardápio.



A primeira creperia O Gato Comeu-te a Língua abriu no verão de 2018 na Avenida da República, em Vila Nova de Gaia. Rapidamente se tornou num espaço de sucesso, com constantes filas à porta. A ideia de, como diz Andreey Felipe, apresentar um produto “perfeito tanto para o Instagram como para o estômago” deu frutos e agora o Gato expandiu-se para mais duas cidades, Matosinhos e Braga. Mesmo em frente ao mar, o espaço em Leça da Palmeira nasceu por paixão de Elsa Matos, fundadora e proprietária do projeto, “pelo farol”, mesmo ali ao lado, e pela localização privilegiada. “Abrimos no verão, o que foi bom porque tivemos logo muitos clientes da praia”, conta Andreey Felipe, diretor de comunicação. Mas por aqui os dias nublados também são bons. “Os clientes podem ficar a ler, a trabalhar, com a vista direta para o mar e comer um crepe.” E não é só crepes que aqui se podem comer. Há “uma carta gigantesca de, além de produtos de creperia, bubbles, waffles, mas também estamos 100% focados em menus para o almoço e em pratos quentes, além da grande gama de salgados”. Aos menus de almoço, com pratos diferentes todos os dias, juntam-se produtos para partilhar, como a coroa do gato, feita de massa de piza recheada com tomate seco, queijo, presunto, paio e espinafres, entre outros ingredientes. De salgados, destaque-se ainda as tábuas de frios, os hambúrgueres (incluindo vegetarianos), pregos, saladas, tostas e variedade de risotos, que têm sempre “muita procura” e podem ser pedidos a qualquer hora do dia.

Comments


bottom of page