Aeroporto Francisco Sá Carneiro poderá ter “ligação direta” a Matosinhos

A Câmara Municipal de Matosinhos pretende que esteja executada, até 2026, a ligação ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, através de metrobus.



O município justificou à agência Lusa a opção por um metrobus até ao aeroporto com acessos e ligações mais rápidas aos concelhos vizinhos da Área Metropolitana do Porto (AMP), ao contrário do que acontece com a estação do Senhor de Matosinhos. A Câmara Municipal quer, assim, “uma ligação direta ao transporte metropolitano (no presente) e rede ferroviária (no futuro) na envolvente ao aeroporto”.

“A estação de metro do Senhor de Matosinhos dista 35 minutos do centro do Porto, 1h20 da Póvoa de Varzim e 52 minutos do centro da Maia. Por sua vez, a envolvente ao aeroporto fica a uma distância de 27, 40 e 35 minutos, respetivamente”, afirmou a autarquia em declarações à Lusa. É “essa vantagem comparativa, para além da proximidade, que justifica este estudo preliminar de ligação à rede do Metro a nascente e não a sul”, acrescentou.

São prioridades de Matosinhos, “no âmbito metropolitano, as linhas de Bus Rapid Transit (BRT – vulgo metrobus) ao aeroporto e Boavista, e de metro ao polo universitário via São Mamede de Infesta. Não existem condições técnicas e financeiras para inserir outras prioridades que procurem minimizar as deslocações intermunicipais”, frisou o município.

A autarquia referiu ainda que “a Metro do Porto está a trabalhar na expansão da rede metropolitana, articulando com a rede existente na Maia, Gondomar, Gaia, Vila do Conde e Póvoa”, e que o objetivo do metrobus é “fazer a ligação à rede existente”.