Apreendidas mais de três toneladas de sardinha em Matosinhos

A Unidade de Controlo Costeiro, apreendeu no dia 9 de maio, 3 240 quilos de sardinha, 'Sardina pilchardus', no porto de pesca de Matosinhos, revela a Guarda Nacional Republicana (GNR) em comunicado.



A dita apreensão ocorreu no âmbito de uma ação de fiscalização no porto de pesca de Matosinhos "com vista à verificação do cumprimento das regras estabelecidas para a captura de sardinha", revela a nota.

Os militares da Guarda verificaram que uma embarcação tinha tentado vender em lota pescado que tinha sido capturado por outra embarcação.

"Foi identificado o mestre da embarcação, um homem de 41 anos, e elaborado um auto de contraordenação pelo incumprimento das regras estabelecidas para a captura de sardinha, sendo essa infração punível com coima máxima de 25 mil euros", pode ler-se na missiva.

O pescado apreendido foi sujeito a verificação higiossanitária e, posteriormente, vendido em lota, ficando o resultado da venda à ordem do processo.

A sardinha, 'Sardina pilchardus', é um recurso de interesse estratégico para a pesca portuguesa, para a indústria conserveira e para as exportações de produtos da pesca e do mar, recorda a GNR.