top of page

Autarquia celebra Dia Internacional da Proteção Civil

Várias ações com a Proteção Civil, Associações de Bombeiros e escolas por todo o concelho


Celebrou-se a 1 de março, o Dia Internacional da Proteção Civil. A Câmara Municipal preparou uma série de ações um pouco por todo o concelho que se vão estender, em alguns casos, pelo resto da semana. Ao integrar a rede mundial das Nações Unidas enquanto Resilience Hub, Matosinhos assumiu uma responsabilidade acrescida na promoção dos objetivos da agenda 2030 das Nações Unidas para a redução de riscos e catástrofes. O dia de ontem, foi só mais um momento de implementação de ações que têm como foco atingir essas metas. Logo pela manhã, a mascote para os riscos, o Alertinha, que é presença assídua nas escolas, esteve na EB do Araújo, em Leça do Balio, numa sensibilização sobre medidas de autoproteção a todas as turmas da escola, onde foi possível aprender com esta companhia especial e desenvolver ainda mais as competências das nossas crianças para os riscos e a autoproteção. No auditório Guilherme Pinto, na Junta de Freguesia de Matosinhos, é possível ver até sexta-feira, 5 de março, a exposição itinerante “Conhecer a vespa”, uma mostra informativa sobre a vespa velutina (conhecida por vespa asiática). Observar ninhos eliminados nas suas várias fases de desenvolvimento, os equipamentos e métodos utilizados para a sua eliminação, bem como algumas imagens e vídeos onde é possível observar ações de abate são algumas das informações que poderá retirar desta exposição. Ao longo da semana o local da exposição receberá várias escolas para sessões de esclarecimento sobre o tema. Refira-se que no ano de 2022, foram eliminados 426 ninhos de vespa asiática em Matosinhos. O Dia Internacional da Proteção Civil foi a data escolhida para dinamizar a primeira grande ação sob o tema “Conhecer os ODS (objetivos de desenvolvimento sustentáveis) da perspetiva local à global”. Neste âmbito, pode ser visitada até ao dia 5 de março, no Marshopping, uma exposição de trabalhos de escolas sob o tema “Juntos Vamos Salvar o Planeta”, que refletem as preocupações dos jovens com os riscos climáticos e catástrofes. Mas não só com crianças se faz a sensibilização em Matosinhos. Ontem, na Escola Secundária Augusto Gomes, foram trabalhados temas como a primeira intervenção em caso de incêndio e o suporte básico de vida com adultos, docentes e não docentes dos nossos equipamentos escolares. Refira-se que ao longo dos últimos anos a Câmara Municipal de Matosinhos tem desenvolvido várias ações de sensibilização com o objetivo de alcançar vários públicos. Foram já realizadas 2.149 ações de sensibilização, que chegaram a 73.780 alunos e 9.029 docentes e não docentes. No ano letivo 2022/2023 já se contabilizam 175 ações sobre diversas temáticas associadas aos riscos, sensibilizando 5.110 alunos e 585 docentes e não docentes. “Matosinhos mais resiliente” é também um projeto de sensibilização para os riscos do dia a dia e acompanhamento de idosos nas freguesias de Matosinhos e Guifões, continua a decorrer e ontem chegou a mais idosos. Neste momento, o projeto acompanha 35 idosos, com um potencial de crescimento e desenrolar-se-á pelo menos durante o ano de 2023. A vereadora da Proteção Civil da Câmara de Matosinhos, Marta Pontes, fez questão de marcar presença nas várias iniciativas deste Dia Internacional da Proteção Civil em Matosinhos.

bottom of page