top of page

Autarquia investe no combate às alterações climáticas

Autarquia apoia concurso de ideias internacional


Energia limpa, indústria limpa, armazenamento de energia, eficiência, transporte, água, agricultura, ar e meio ambiente são as áreas em destaque na edição 2023 do ClimateLauchpad. Trata-se de um programa internacional que, desde 2014, procura as melhores ideias de negócio que estejam a combater as alterações climáticas. Em Portugal, a competição cleantech do mundo é organizada pela UPTEC — Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, pela LIPOR e pelo Fórum Oceano/Hub Azul, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos. As candidaturas decorrem até 14 de maio e podem ser feitas através do link https://climatelaunchpad.org/application-form/ Os três projetos vencedores da final nacional vão representar Portugal na final europeia do ClimateLaunchpad a 14 de julho. Os vencedores nacionais terão também acesso a incubação gratuita na UPTEC durante quatro meses, a formação nas áreas de impacto, sustentabilidade e/ou marketing no valor de 1000 euros prestada pela 3xP Global, a vales de formação de 1000 euros da Ordem dos Engenheiros – Região Norte, a 16 horas de consultoria fornecida pela Point Green Venture e pela S317 Consulting, 15 horas de apoio jurídico da Vieira de Almeida, participação num curso on-line e num bootcamp intensivo de três dias com um formador certificado da EIT Climate-KIC, acesso a treino de pitch e a sessões de mentoria com especialistas em sustentabilidade ambiental e em economia circular. Desde 2014, já se candidataram ao ClimateLaunchpad quase 14 mil ideias de negócio de 59 países de todo o mundo. Em Portugal, desde 2016, o programa já recebeu mais de 130 candidaturas portuguesas, apoiou mais de 70 equipas e mais de 140 participantes.

bottom of page