top of page

Construção de Nova Residência para idosos

Lançamento da primeira pedra para equipamento social com capacidade para 60 utentes


A cerimónia de lançamento da primeira pedra do novo Equipamento Residencial para Pessoas Idosas (ERPI) da Santa Casa da Misericórdia decorreu na tarde de dia 12 de outubro, na Rua Fernando Cayolla, junto ao Tribunal de Matosinhos. A construção do novo equipamento resulta de uma candidatura submetida pela Santa Casa da Misericórdia do Bom Jesus de Matosinhos ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), em fevereiro de 2022, tendo a mesma sido aprovada em julho de 2022. Esta resposta social destinada à terceira idade terá a capacidade para 60 utentes, três pisos, e um total de cerca de três mil metros quadrados de construção. Prevê-se a sua conclusão em dezembro de 2024. O arquiteto responsável pela obra, José António Barbosa, explicou sucintamente sobre alguns aspetos da mesma. No piso térreo do edifício, estará a receção, a sala de espera, o gabinete médico, sanitários, o núcleo administrativo com três gabinetes e uma sala de reuniões, o jardim, uma sala de convívio e uma sala de refeições, bem como a cozinha, lavandaria e outros espaços de apoio. Nos 2.º e 3.º pisos estarão os quartos destinados aos 60 utentes, 14 individuais, 20 duplos e dois triplos. O Provedor da Santa Casa da Misericórdia do Bom Jesus de Matosinhos, Luís Branco, reviveu o início deste projeto. “Foi em tempo de pandemia, mediante um convite da presidente da Câmara Municipal de Matosinhos a todas a instituições sociais do concelho que, via zoom, reunimos e nos foi lançado o desafio de abraçar este projeto. E nós dissemos sim”, recordou. “Este é um equipamento muito importante para Matosinhos. Foi o momento de a Misericórdia apoiar subsidiariamente a população e o concelho”, acrescentou Luis Branco. Já a presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, destacou a “cumplicidade entre instituições” que permitiu avançar com o projeto. “Trabalhamos em conjunto, a Câmara Municipal cedeu o terreno, desafiou as instituições e a Santa Casa disse ‘presente’. Estamos a dar apoio na fiscalização e estão já outros projetos em cima da mesa. “A Santa Casa da Misericórdia do Bom Jesus de Matosinhos é um exemplo”, realçou. “Uma creche e mais um lar fazem já parte dos objetivos desta entidade que em muito nos orgulha”, concluiu Luisa Salgueiro. O investimento total previsto será de 3.894.592,47€, dos quais o PRR comparticipa 2.141,700,00€ para a infraestrutura, deixando de fora as despesas com a fiscalização da obra, equipamento e projeto técnico. O restante valor, 1.752.292, 47€ contará com a comparticipação da Câmara Municipal de Matosinhos e da Santa Casa da Misericórdia do Bom Jesus de Matosinhos. Em dezembro de 2022, reconhecendo a importância desta candidatura para o concelho, a Câmara deliberou apoiar a mesma no valor de 664.000,00€, tendo anteriormente cedido à Misericórdia de Matosinhos um terreno em regime de direito de superfície no valor de 374.00,00€.

Comments


bottom of page