top of page

Desenvolvimento de tecnologias no âmbito da economia azul

O Terminal de Cruzeiros de Leixões acolheu na passada segunda feira, dia 31 de julho, a apresentação da empreitada de construção da Bacia Oceânica Hub Azul de Leixões – Pólo I, que ficará instalada na plataforma logística da APDL- Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo



Esta infraestrutura científica, financiada com fundos públicos do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência, visa desenvolver e testar tecnologias oceânicas em favor de uma economia azul sustentável.

O Hub Azul de Leixões servirá também para monitorizar e gerir os ecossistemas marinhos, e promover a formação de recursos humanos altamente qualificados para as atividades do mar.

O Hub Azul de Leixões – Pólo I é um dos oito pólos que integra a rede Hub Azul Portugal e é formado por um consórcio liderado pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESCTEC). São ainda parceiros a Câmara Municipal de Matosinhos, o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), o Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial (INEGI), o Fórum Oceano e a APDL.

A sessão de ontem contou com a participação do secretário de Estado do Mar, José Maria Costa, da presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, do presidente da APDL, João Neves, do Chairman do INESCTEC, José Manuel Mendonça, entre outras personalidades.

Presentes estiveram ainda o vice-presidente da autarquia de Matosinhos, Carlos Mouta, e o vereador do Desporto, Nuno Matos.

Comments


bottom of page