top of page

EPROMAT de parabéns

Escola profissional de Matosinhos assinala 30 anos com conferência no edifício dos Paços do Concelho


O Salão Nobre da Câmara Municipal de Matosinhos recebeu ontem a conferência “30 anos Epromat – a Pensar no Futuro” no âmbito da celebração do 30.º aniversário da Escola Profissional de Matosinhos. Na sessão de abertura estiveram António Correia Pinto, vereador da Educação da Câmara Municipal de Matosinhos, e Fernando Sá Pereira, presidente da Associação Empresarial de Matosinhos e diretor da Epromat. Ambos dirigiram algumas palavras à plateia onde marcaram presença profissionais, docentes, alunos e demais interessados em participar nesta celebração emblemática para a instituição educativa. Fernando Sá Pereira referiu-se à forma como cresceu e “ganhou asas” a ideia de criar uma escola profissional em Matosinhos e foi relatando alguns dos traços mais marcantes da sua história. Já o vereador da Educação da autarquia congratulou-se pelo facto da cerimónia dos 30 anos da Epromat acontecer no Salão Nobre dos Paços do concelho, um espaço nobre que é de toda a comunidade, e que é o resultado das excelentes relações institucionais entre ambas. António Correia Pinto realçou ainda o importante papel desta escola que veio revolucionar o ensino profissional em Matosinhos e colmatar as necessidades de recursos humanos habilitados a trabalhar no tecido empresarial e industrial do concelho. “A Epromat teve a visão de aproveitar a oportunidade para apoiar o concelho através de uma resposta educativa na área do comércio e serviços que não existia”, salientou. Seguiu-se a passagem de um vídeo alusivo ao ensino profissional, para depois se passar efetivamente ao momento de discussão e reflexão sobre o futuro da Epromat e do ensino profissional com a presença, entre outros, de nomes como Joaquim Azevedo, professor da Universidade Católica Portuguesa e um grande impulsionador do ensino profissional em Portugal, Sandra Rafael, diretora pedagógica da Epromat, e Rui Dias, diretor da Epromat e vice-presidente da ANESPO (Associação Nacional das Escolas Profissionais). A iniciativa contou ainda com os testemunhos de um aluno da escola e de uma empresa que recebe profissionais formados pela Epromat. Recorde-se que a Epromat - Escola Profissional de Matosinhos é propriedade da Associação Empresarial do Concelho de Matosinhos, tendo sido fundada em 1992 com o objetivo de ser uma alternativa ao ensino regular, de forma a criar quadros intermédios para as empresas de Matosinhos, sem deixar de considerar a possibilidade do prosseguimento de estudos superiores. Dado o crescimento do número de alunos após alguns anos de atividade, e de forma a dar cumprimento às crescentes exigências do Ministério da Educação, a Epromat sentiu necessidade de proceder à mudança de instalações. Para tal, contou com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos e, em julho de 2015, viu o seu sonho concretizado com a inauguração de uma nova escola. Localizada no cruzamento da Avenida Menéres com a Rua de Brito Capelo, num edifício que já tinha sido discoteca e armazém de vinho, a escola foi projetada pelo arquiteto José António Barbosa e resultou de um investimento de 600 mil euros. O espaço, com uma área coberta de cerca de 1.200 metros quadrados é constituído por 13 salas de aula, um auditório, estúdio de som e oficina multimédia, gabinetes e espaços de apoio, disponibilizando cursos profissionais, de aprendizagem, de educação e formação de jovens e formações modulares nas áreas do Turismo, Marketing, Multimédia, Informática, Comércio, Fotografia, entre outros.

ความคิดเห็น


bottom of page