Exposição do Sea Life alerta para o lixo no oceano



É através de um novelo, com cerca de 17 quilómetros e 1,3 toneladas de cabos e cordas recolhidos das praias, que o Sea Life Porto alerta para a problemática do lixo que, diariamente, continua a ser deixado nas praias e para os efeitos que provoca no meio ambiente.

“aCORDA Portugal” é o mote da instalação, que pode ser visitada até 18 de novembro, no aquário portuense, depois de ter estado patente na capital.

“O novelo é o resultado do empenho de cerca de 200 pessoas de Norte a Sul do país, que recolheram cabos e cordas das praias durante mais de 250 horas”, refere o Sea Life, a propósito da iniciativa da Associação Oceanos Sem Plásticos.

Citado na nota divulgada o diretor geral, Rui Ferreira, destaca que o aquário portuense continua focado “em sensibilizar os visitantes para a importância de manter as praias limpas, especialmente os mais novos, para que cresçam com a consciência de que é extremamente urgente agir em prol do ambiente”.

Note-se que cerca de oito milhões de toneladas de plásticos acabam todos os anos no oceano, tendo sido nesse sentido que nasceu a iniciativa aCORDA Portugal. O objetivo principal é alertar para o “impacto devastador do lixo no ambiente”.