top of page

Feira dos Moços está de volta a Custóias

Como já vem sendo habitual nos últimos anos, no mês de Agosto realiza-se a Feira dos Moços em Custóias



A edição de 2023 será entre os dias 24 e 27 deste mês e decorrerá no Largo do Souto em Custóias. Tal como nos anos anteriores, a entrada é livre. Esta feira é uma aposta da União de Freguesias de Custóias, Leça do Balio e Guifões para atrair visitantes, não só de Custóias, como de outras freguesias do concelho ou de concelhos vizinhos.

Bombos, violas, cavaquinhos, concertinas, adufes, música tradicional e popular, cantares polifónicos, cantares ao desafio, danças tradicionais, marchas populares, fado, animação de rua, desfiles, artesanato, tasquinhas, teatro, representação de ofícios, quinta pedagógica, gigantones, fogo de artifício, diversões para as crianças e muito mais vai ocorrer na Feira dos Moços deste ano.

A Feira dos Moços traduz-se numa alegre demonstração da cultura popular e tradicional. Esta feira tem como origem uma tradição herdada do século XIX. Diz a história que após a época da escravatura começaram a existir relações de trabalho entre patrões e empregados. Era habitual os homens sentarem-se à porta dos patrões à espera de trabalho ou esperarem nos largos e praças para que os patrões contratassem a sua força de trabalho.

As feiras sempre constituíram um meio de abastecimento para as necessidades das populações. Segundo se sabe, em Custóias existiam diversas feiras, sendo que uma era a chamada feira dos moços de lavoura. A feira dos moços era realizada duas vezes por ano: em Abril, para contratar os moços para a época de verão, e em Novembro, para contratar moços de lavoura para o Inverno. Do que se sabe, no século XIX, em 1842, a feira dos moços foi transferida para o Largo do Souto (anteriormente era realizada no Padrão da Légua).

Nesta feira era habitual a presença de moços das regiões do Douro e Minho, que nesse tempo eram locais de pobreza, que procuravam uma vida melhor. Vinham de trouxa às costas, alguns com instrumentos musicais, para procurar trabalho na região. Reza também a história da feira dos moços que após chegarem a acordo, patrão e empregado dirigiam-se à taberna mais próxima de modo a selarem o acordo com o pagamento da “cabrita”, que consistia em bacalhau frito (ou isca de bacalhau).

Atualmente a Feira dos Moços consiste numa feira de artesanato em que estão presentes associações e artesãos do concelho. Também haverá momentos musicais com a presença de ranchos folclóricos, grupos etnográficos, bem como bandas de música popular portuguesa.


Dia 24 de Agosto 21h00 – Abertura da Feira 21h30 – Desfile dos Moços de Lavoura 22h00 – 100 Foles


Dia 25 de Agosto 15h30 – Grupo de Cavaquinhos USRM 16h30 – Teatro de Robertos 17h00 – Cantares ao Desafio – Maria Celeste e Augusto Moreira 20h00 – Fado à hora de Jantar 21h15 – Teatro de Robertos 21h45 – Cantares Polifónicos – Rancho Típico de Esposade 22h30 – Pedro Mestre – Outros Cantes do Sul


Dia 26 de Agosto 15h00 – Teatro de Robertos 15h30 – Soalhas 16h30 – Pagamento da Cabrita 17h00 – Teatro de Robertos 17h30 – Cantares ao Desafio – Liliana Oliveira e Borgulnha de Braga 20h00 – Fado à hora de Jantar 21h00 – Teatro de Robertos 21h30 – A Feira de Custóias – Marcha Popular de Avilhó 22h00 – Verde Canto 24h00 – Fogo de artificio


Dia 27 de Agosto 11h30 – Missa Campal 15h00 – Festival Folclore 17h00 – Teatro de Robertos 17h30 – Cantares ao Desafio – Anjinho & Diana 20h00 – Fado à hora de Jantar 21h00 – Teatro de Robertos 21h30 – Crivo 23h00 – Encerramento da Feira

Commentaires


bottom of page