Fogo de Artificio atraiu milhares ao Senhor de Matosinhos

O regresso do Senhor de Matosinhos


“Supernova, a explosão das estrelas” foi o tema escolhido este ano para o espetáculo piromusical e multimédia que iluminou ontem os céus de Matosinhos, naquela que é a noite mais aguardada da Romaria do Senhor de Matosinhos.

Depois de dois anos de interrupção provocada pela pandemia por COVID-19, a grandiosa sessão de fogo de artifício regressou e atraiu milhares de visitantes.

Durante cerca de 20 minutos, foram usados 7.144 artigos pirotécnicos para produzir 26.999 disparos por minuto.

Lançados das instalações do Porto de Leixões, os 539.985 disparos partiram quer do solo quer de uma esfera suportada por duas gruas, a 80 m de altura.

Os disparos foram, como habitualmente, sincronizados com música. Foram utilizados excertos de canções dos anos 80, êxitos da pop internacional, bem como de artistas portugueses como Xutos & Pontapés, António Variações, Carlos Paião, UHF, Da Vinci, Miguel Gameiro, Mariza ou Quinta do Bill.