top of page

Governo dará incentivos às empresas que adiram ao novo “Cartão Mobilidade” para os trabalhadores

O Governo está a estudar a criação do Cartão de Mobilidade, semelhante aos cartões de refeição, com benefícios para empresas que desincentivem os trabalhadores do uso de transporte individual e que pode ser usado em modos de transporte sustentável


A ideia foi anunciada pelo ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.

Disse o governante que está a ser estudada a criação de um “Cartão de Mobilidade”, uma “solução semelhante ao cartão de refeição”. Esse cartão prevê benefícios às empresas que a ele recorram, desincentivando, assim, o uso de transporte individual pelos trabalhadores. A ideia, explicou o ministro, é que o cartão possa ser usado em modos de transporte sustentável e “talvez na aquisição de velocípedes e veículos elétricos”.

Duarte Cordeiro adiantou também que o projeto 1Bilhete.pt, que vai ser lançado na sexta-feira, visa a criação de uma plataforma de bilhética intermodal de abrangência nacional. O projeto conta, no seu arranque, com a colaboração dos Transportes Metropolitanos de Lisboa — TML e dos Transportes Intermodais do Porto – TIP.

Comments


bottom of page