top of page

Governo vai prolongar IVA zero em bens alimentares até ao final do ano

O Conselho de Ministros vai aprovar esta quinta-feira, dia 7 de setembro, a extensão da medida do IVA zero sobre alguns produtos alimentares considerados essenciais até ao final do ano, anunciou o primeiro-ministro



“No momento em que baixámos o IVA para zero, o preço dos produtos baixou 7,94 por cento. Sim, a medida contribuiu para reduzir os preços”, afirmou António Costa na última noite.

“E é por isso, pela medida ter resultado, que estando a medida prevista acabar no próximo mês de outubro, amanhã [quinta-feira] o Conselho de Ministros vai aprovar a extensão da redução do IVA zero até 31 de dezembro, para continuarmos a controlar o preço dos bens alimentares fundamentais para as famílias portuguesas”, anunciou o chefe de Governo na Academia Socialista, em Évora, iniciativa que marca a rentrée socialista.

Já quanto ao aumento das taxas de juro no crédito à habitação, António Costa remeteu medidas para depois da reunião da próxima semana do Banco Central Europeu “para ficar mais claro o que vai acontecer” mas garantiu que o Governo vai adotar novas medidas para apoiar as famílias ainda em setembro.

A descida de 6% para 0% num conjunto de 46 produtos alimentares considerados essenciais entrou em vigor em abril.

Comments


bottom of page