top of page

Matosinhos adapta 56 quilómetros de caminhos rurais à passagem de pessoas e bicicletas

A Câmara Municipal de Matosinhos começou a requalificar um dos caminhos rurais que integrará, no futuro, o Parque Rural, um espaço de 56 quilómetros de caminhos rurais requalificados e adaptados à mobilidade de pessoas e de bicicletas


Fonte: Porto Canal

Quando estiver terminado, o Parque Rural será “o maior parque aberto da Área Metropolitana do Porto”, adiantou ontem, dia 29 de agosto, à Lusa esta autarquia, do distrito do Porto.

O objetivo do Parque Rural de Matosinhos classificado como “um dos projetos mais estruturantes do Plano Diretor Municipal (PDM)” é requalificar os caminhos rurais, tendo como foco a mobilidade e o acesso aos campos agrícolas, mas adaptando-os à circulação a pé ou de bicicleta.

Além de promover o reordenamento das áreas de acesso aos campos agrícolas, mantendo e respeitando a identidade dos atuais usos ligados à atividade agrícola, o parque quer valorizar os percursos com património edificado como, por exemplo, os moinhos e antigos complexos agrícolas com valor arquitetónico ou patrimonial.

Motivo pelo qual será criado um Observatório da Paisagem para descanso e observação de fauna e flora, referiu a câmara.

“Estão a testar-se dimensões e materiais para ter a certeza que as máquinas agrícolas e as pessoas conseguem percorrer os mesmos caminhos, sem abrir a porta à tentação da passagem de outros veículos”, sublinhou o município.

A autarquia explicou que a rede de caminhos rurais de Matosinhos se estende por todo o concelho com principal expressão nas freguesias do norte, que são mais agrícolas.

“Muitos destes caminhos vão dar diretamente às praias, o que permitirá fazer uma passagem em contínuo desde as zonas mais rurais até à orla costeira, sempre no meio de uma paisagem naturalizada”, acrescentou.

Antes do arranque da obra, a câmara contactou os agricultores para que pudessem incorporar o projeto e perceber os benefícios que este trará na mobilidade e no acesso aos campos agrícolas.

Além disso, foram ainda feitos acordos de cedência com os proprietários para o alargamento dos caminhos, revelou a autarquia. Neste momento, o município está a requalificar 750 metros de caminho rural entre Perafita e Lavra, ligando as ruas dos Caçadores e do Marreco.

A criação deste primeiro caminho rural prevê um novo tipo de pavimento, alargamento do caminho, arranjo de muros e taludes e tratamento paisagístico das faixas laterais. Com um investimento de 220 mil euros, a previsão é que este parque esteja concluído até ao final do ano.

Commentaires


bottom of page