top of page

Matosinhos entra em 2023 com aumento da tarifa da água nada consensual

Na última reunião de câmara de Matosinhos de 2022, foi aprovada a proposta do aumento do tarifário da água para 2023, no concelho



Apenas o PS votou a favor, enquanto os restantes partidos rejeitaram a proposta.

De acordo com a presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, este aumento fundamenta-se na fórmula contratual da concessão da Indaqua, e que a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) obriga o Município a aplicar. “Preferíamos que não aumentasse, mas não há nenhuma medida política nesta atualização, tratando-se simplesmente de um cumprimento das regras”, acrescentou a autarca em declarações publicadas pelo JN.

Foi aprovado um aumento do tarifário da água para 2023, em Matosinhos.

O PS ficou isolado nesta decisão, sendo o único partido a votar a favor desta decisão.

O PSD Matosinhos veio a público dizer que “não pode concordar com uma nova subida dos preços que a população tem de suportar. Em áreas transversais e que chegam cada vez mais aos bens essenciais, é já uma garantia para os portugueses (e matosinhenses em particular) que vão pagar mais pelo mesmo que utilizarem”, pode ler-se na publicação do PSD Matosinhos na sua página de Facebook.

O custo de vida continua a subir. Pelo que o PSD entende que a autarquia não pode “ser indiferentes à crescente dificuldade de tantas famílias em pagarem as suas despesas mais básicas”.

bottom of page