top of page

Matosinhos lança concurso para construir sete edifícios em Conjunto Habitacional S. Gens

A Câmara Municipal de Matosinhos lançou um concurso público internacional para a construção de sete edifícios no Conjunto Habitacional S. Gens com um investimento de 13,5 milhões de euros, segundo anúncio publicado em Diário da República (DR)



A empreitada implica a construção dos prédios em estrutura de betão armado, incluindo infraestruturas hidráulicas, instalações elétricas, telecomunicações, mecânicas, gás e segurança contra incêndio, segundo informação da autarquia a que a Lusa teve acesso.

Financiada pelo Programa de Recuperação e Resiliência (PRR), a obra tem um prazo de execução de 20 meses, refere o DR.

Em fevereiro, este município, do distrito do Porto, avançou já ter mais de 42 milhões de euros aprovados em candidaturas ao PRR, sendo a habitação uma das áreas contempladas.

Naquela ocasião, a câmara, liderada pela socialista Luísa Salgueiro, anunciou a construção ou reabilitação de 260 fogos, num investimento de 37 milhões de euros, suportados por verbas do PRR e do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU).

Já no âmbito do programa 1.º Direito serão criados 105 novos fogos em dois edifícios devolutos localizados na Área de Reabilitação Urbana (ARU) de São Mamede de Infesta que a autarquia adquiriu para reabilitar, adiantou ainda.

Além disso, o município sublinhou que no Conjunto Habitacional de S. Gens seriam construídos 119 novos fogos.

No âmbito da Estratégia Local de Habitação de Matosinhos está prevista a construção de 384 habitações, acrescentou.

Comentários


bottom of page