top of page

Matosinhos vai acolher a Comic Con Portugal em março de 2024

O maior evento de cultura pop nacional, Comic Con, volta a Portugal em 2024, entre os dias 21 e 24 de março, celebrando o seu 10º aniversário na Exponor


A 10.ª edição da Comic Con Portugal vai acontecer entre 21 e 24 de março de 2024, na Exponor, em Matosinhos. A organização do evento explica que o regresso à cidade e à Exponor fazia sentido para celebrar os 10 anos do evento, fazendo-o acontecer no mesmo local onde começou, em 2014. José Luís Machado, diretor de marketing do evento, anunciou que o evento vai ocupar todo o espaço da Exponor. "Numa área coberta de 60 mil metros quadrados e uma área total de 200 mil metros quadrados”, disse na conferência de imprensa realizada no Cinema Batalha, no Porto. "Vamos construir um novo pavilhão, mais estacionamento", assegurou, por seu lado, Paulo Rocha Cardoso, diretor executivo da Comic Con Portugal. “Toda a área vai abranger um circuito de mobilidade que vai ser trabalhado com os três municípios da Frente Atlântica (Matosinhos, Porto e Gaia)”, acrescentou Paulo Rocha Cardoso. Era “extremamente difícil fazer este ano a Comic Con Portugal”, acrescentou. Segundo Paulo Rocha Cardoso o envolvimento das cidades do Porto, Matosinhos e Gaia vem “colmatar muitas das necessidades que um evento desta dimensão tem para garantir estar à altura da exigência da indústria do cinema, televisão, videojogos, literatura e banda desenhada”. Assim como “criar as condições necessárias para albergar os milhares de fãs que o visitam”. O diretor executivo enalteceu ainda o facto de a parceria não se limitar "apenas ao evento", mas também à realização, na Frente Atlântica, de “diversas atividades ao longo do ano de 2023 até à próxima edição em 2024”. Quando questionado pelos jornalistas sobre o investimento deste evento, respondeu que é "incalculável". "Temos todos os anos um grande investimento. São centenas de pessoas que trabalham incansavelmente. O valor não é o importante, o importante são os parceiros e criar um evento a nível internacional. Tentamos acima de tudo criar o melhor evento possível", disse o diretor executivo da Comic Con Portugal. TIAGO MIRANDA

“A escolha das datas não é arbitrária”, clarificou Paulo Rocha Cardoso, que disse ser necessário analisar o calendário “porque de maio a setembro a indústria está toda parada”. A data tem de fazer sentido com outras Comic Con mundiais, como a do Brasil, para avaliar as possibilidades de trazer artistas e marcas. José Luís Machado lembrou o começo do evento, há quase 10 anos: "Durante quatro anos estivemos em Matosinhos com muitas emoções, mas a exigência da indústria para um evento a uma maior escala obrigou-nos a rumar ao sul, para Oeiras, para atrair marcas internacionais". A pandemia de covid-19 levou a organização a adaptar o evento, com um auditório digital, entrevistas com talentos nacionais e internacionais, e antestreias de filmes. Em 2021, a Comic Con Portugal foi forçada a mudar as datas do evento, passando-o para dezembro, em Lisboa, na Altice Arena, onde também aconteceu no final de 2022.

Comments


bottom of page