top of page

Município de Matosinhos quer lançar concurso para “Metrobus” do Aeroporto até setembro

A Câmara de Matosinhos pretende lançar um concurso de conceção e construção de uma linha de ‘metrobus’ para o aeroporto em setembro, no âmbito da desativação da refinaria da Galp, de acordo com a divulgação esta quarta-feira, dia 28 de junho, pela presidente da autarquia, Luísa Salgueiro



Em declarações na comissão parlamentar de Ambiente e Energia, na Assembleia da República, em Lisboa, Luísa Salgueiro (PS) afirmou, sobre o BRT (‘Bus Rapid Transit’, vulgo ‘metrobus’), querer “lançar concurso de conceção e construção em setembro”.

A também presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) falava, no âmbito de um requerimento do BE sobre a situação dos ex-trabalhadores da refinaria, a propósito de uma das medidas previstas no Fundo de Transição Justa (FTJ) de Matosinhos, uma verba de 60 milhões de euros para compensar e reconverter espaços após o fecho da refinaria da Galp.

Em junho de 2022, a Câmara de Matosinhos confirmou à Lusa a encomenda de um estudo para implementar um ‘metrobus’ entre o aeroporto, situado na Maia, e a Petrogal, estando ainda em equação a ligação a Leça da Palmeira e Matosinhos.

Em agosto do mesmo ano, a autarquia justificou que essa opção assenta na possibilidade de haver conexões mais rápidas aos concelhos vizinhos da Área Metropolitana do Porto (AMP), ao invés do que acontece com a estação do Senhor de Matosinhos.

O objetivo da Câmara de Matosinhos é “executar até 2026” a ligação ao aeroporto, no âmbito do FTJ, que dispõe de 20 milhões de euros para esse objetivo.

Comments


bottom of page