top of page

Niño de Elche estreia-se em Matosinhos

Estreia no Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery


Uma das vozes mais distintas do flamenco contemporâneo estreou-se este fim de semana, no Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery. Niño de Elche mistura, no seu repertório, a tradição espanhola com sonoridades atuais e eletrónicas, assim como poesia fonética e formas experimentais. Poeta reconhecido, é colaborador regular de artistas como ROSALÍA, C. Tangana, Los Planetas (Nova Força), Israel Galván, Rocio Molina e Angélica Liddell. É autor de discos como "Sí, a Miguel Hernández"(2013), "Voces del Extremo" (álbum do ano 2015 para a imprensa espanhola) ou "Colombiana"(2019). Em 2021 edita as obras "Memorial de Cante Minhas Bodas de Prata com Flamenco" e "La Exclusión"- um projeto de arte cénica criada a partir do livro "Pensar y No Caer", do escritor e filósofo Ramón Andrés (Prémio Nacional de Ensaio) - com colaboradores como Xabier Erkizia, Manuel León ou Lois Patino. Em 2022 publicou um novo trabalho, "Flamenco. Mausoleo de celebración de amor y muerte", acompanhado por dois grandes nomes: Raül Fernández "Refree" e Ernesto Artillo.

Comments


bottom of page