top of page

Novas exposições na Casa da Arquitectura

Programa dedicado à obra do arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha


É já a partir de hoje que a Casa da Arquitectura apresenta duas novas exposições dedicadas a Paulo Mendes da Rocha, num fim de semana com muita festa. Na Nave Expositiva será inaugurada “Geografias Construídas: Paulo Mendes da Rocha” com curadoria de Jean-Louis Cohen e Vanessa Grossman, consultadoria científica de Catherine Otondo e projeto expositivo de Eduardo Souto de Moura e Nuno Graça Moura. A mostra abrange sete décadas de percurso profissional do Pritzker brasileiro e organiza-se em torno de 12 obras nucleares. Na Galeria da Casa, será apresentada uma visão do arquiteto brasileiro para além do seu percurso profissional. “Paulo Mendes da Rocha: Para além do Desenho” pretende dar a conhecer o pensamento por detrás da obra que realizou. Com curadoria de Marta Moreira e Rui Furtado, a mostra conta com projeto expositivo de Ricardo Bak Gordon. As portas abrem às 20h00 com o espetáculo “Músicas Brasileiras, Músicos Portugueses”, que estreou na Casa da Arquitectura em abril de 2019 no âmbito do Programa Paralelo da Exposição “Infinito Vão – 90 Anos de Arquitectura Brasileira”. O concerto junta a Orquestra Jazz de Matosinhos, dirigida por Pedro Guedes, com a curadoria do conceituado musicólogo brasileiro, Zuza Homem de Mello figura maior do jazz no Brasil, musicólogo, jornalista, radialista e produtor musical e figura central desta programação, falecido em outubro de 2020. Zuza Homem de Mello, a quem prestamos um saudoso tributo, escolheu cinco diferentes arranjadores de ponta para escreverem arranjos específicos para doze temas brasileiros. A entrada é livre. No sábado, dia 27, o destaque vai para a pré-apresentação do catálogo da exposição “Geografias Construídas”, pelos curadores Jean-Louis Cohen, Vanessa Grossman e o colunista Angelo Bucci. Segue-se uma Conversa dedicada ao tema “Universal e Local na obra de Paulo Mendes da Rocha”, que junta André Corrêa do Lago, Guilherme Wisnik, Sandra Barclay e Solano Benítez sob a moderação de Catherine Otondo e Nuno Sampaio. O dia termina com a Festa “Samba na Casa” que terá acesso pago, mas gratuito ao público da Conversa. A manhã de domingo oferece oportunidades únicas para conhecer as exposições com orientação dos respetivos curadores, a partir das 11h00. O serviço Educativo da Casa da Arquitectura criou e disponibiliza oficinas dedicadas a crianças e famílias no sábado e domingo. As celebrações terminam no domingo às 15h00 com uma Roda de Capoeira. A entrada nos eventos é livre, à exceção da Festa “Samba na Casa”. Consulte o programa completo: 26 de maio, sexta-feira 20h00 Abertura de portas* *Animação do Quarteirão com street food 21h30 - Concerto “Músicas Brasileiras, Músicos Portugueses” da Orquestra Jazz de Matosinhos Tributo a Zuza Homem de Mello (1933-2020) - Apresentação e abertura das exposições 27 de maio, sábado 15h00 Pré-lançamento do catálogo “Geografias Construídas: Paulo Mendes da Rocha” Com Jean-Louis Cohen Vanessa Grossman Angelo Bucci 14h00 – 18h00 Oficina "Geografias Imaginadas" - crianças em contexto de família A partir das ideias do arquiteto Paulo Mendes da Rocha e da sua preocupação constante com os recursos naturais e os materiais da terra, vamos desafiar as crianças e famílias a imaginar relações improváveis entre natureza e arquitetura através de colagens e ensamblagens construídas coletivamente. Vem contribuir para a construção de novas geografias imaginadas! 16h00 Conversa “Universal e Local na obra de Paulo Mendes da Rocha” Com André Corrêa do Lago Guilherme Wisnik Sandra Barclay Solano Benítez Catherine Otondo e Nuno Sampaio (moderação) 18h30 Festa “Samba na Casa”** 28 de maio, domingo 10h00 – 13h00 Oficina "Geografias Imaginadas" - crianças em contexto de família A partir das ideias do arquiteto Paulo Mendes da Rocha e da sua preocupação constante com os recursos naturais e os materiais da terra, vamos desafiar as crianças e famílias a imaginar relações improváveis entre natureza e arquitetura através de colagens e ensamblagens construídas coletivamente. Vem contribuir para a construção de novas geografias imaginadas! 11h00 Visitas orientadas às exposições pelos curadores 15h00 Roda de Capoeira. **Entrada paga. Acesso gratuito ao público da Conversa

Comments


bottom of page