“Novos Horizontes” apoiou já 62 sem-abrigo

Projeto da autarquia e da ADEIMA aposta na prevenção.


Em menos de um ano, 62 pessoas em situação de sem-abrigo foram já acompanhadas pelo projeto Novos Horizontes. Criado em setembro de 2021 pela Câmara de Matosinhos em parceria com a ADEIMA (Associação para o Desenvolvimento Integrado de Matosinhos) e financiado pelo Norte 2020, Programa Operacional Regional do Norte/ Fundo Social Europeu, o projeto centra-se na prevenção. O primeiro passo é identificar as pessoas em situação de sem-abrigo e assegurar o seu acompanhamento psicossocial. A partir daí, segue-se um trabalho de articulação entre os vários serviços, procurando dar uma resposta ao nível da habitação, apoio jurídico e social, acompanhamento médico, vestuário, higiene e alimentação, aumento de competências, emprego, ou até fornecer uma morada fixa para quem não consegue sequer fazer uma coisa tão simples como renovar o Cartão do Cidadão. Para o efeito, são efetuados giros de rua, a pé e/ou num veículo, no sentido de percorrer os locais de pernoita destas pessoas ou identificar novos locais e novas situações. A sinalização também pode ser feita por outras entidades, como o Núcleo para o Planeamento e Intervenção na População em Situação de Sem-Abrigo de Matosinhos, ou através da Linha Nacional de Emergência Social, deslocando-se, para o efeito, uma equipa ao local com o intuito de identificar a pessoa e avaliar a situação. Há pessoas que vivem isoladas, sem retaguarda familiar ou social, algumas com problemas do foro psiquiátrico, outras com um défice ao nível das competências pessoais, sociais e de empregabilidade, muitas delas, em situação de desemprego de longa duração ou sem acesso a apoios como o Rendimento Social de Inserção. Numa primeira fase, a equipa realiza um diagnóstico preciso e o mais próximo da realidade possível. O plano de intervenção é traçado em conjunto com a pessoa, tendo em conta as suas necessidades, especificidades, vontades e recursos existentes na rede. Com estas ações, espera-se aproximar as pessoas em situação de sem-abrigo aos serviços da rede, nomeadamente a nível social e de saúde, melhorando a sua qualidade de vida, e, em última instância, resolver a sua situação de sem-abrigo de forma, preferencialmente, permanente. Das 62 pessoas já acompanhadas, 10 foram integradas em alojamento temporário (Centro de Acolhimento Social, Centro de Acolhimento de Emergência Social, Stella Maris), 29 integraram estruturas de fornecimento de alimentação gratuita diária ou pontual (Lar de Santana/CATI/Porta Solidária/Vicentinos), 8 conseguiram arrendar uma casa e 10 arrendaram um quarto. Outro dos projetos implementados em Matosinhos, nesta área, é a Habitação Partilhada, ao abrigo da Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo, que prevê a criação de respostas ao nível de equipamentos partilhados de carácter transitório, tendo como objetivo final a inserção social de pessoas em situação de sem-abrigo. A ADEIMA celebrou com a Segurança Social um protocolo para o funcionamento dos apartamentos partilhados. Além do alojamento, estão asseguradas as necessidades básicas, um acompanhamento social, de proximidade e adequado às especificidades e necessidades de cada pessoa. Localizados num dos conjuntos habitacionais geridos pela MatosinhosHabit, os quatro apartamentos (2 T3 e 2 T2) têm capacidade para acolher 10 utentes, segundo o previsto no protocolo de cooperação com a Segurança Social, e, neste momento, todas as vagas estão ocupadas. A equipa técnica define e desenvolve um plano individual de intervenção para cada um dos residentes, de acordo com as suas necessidades individuais e respetivas competências, assegurando o seu acompanhamento. Do plano constam ações que promovam a sua inserção (orientação para recursos da rede social, educação/formação, resposta a ofertas de emprego, entre outros), como as atividades de vida diária que serão da responsabilidade ou corresponsabilidade do mesmo na gestão quotidiana do apartamento onde se encontra a viver. Para mais informações sobre os projetos “Novos Horizontes” e Habitação Partilhada, contacte por favor a ADEIMA, através do email adeima@adeima.pt ou pelo telefone 229578150.