Os Hospitalários no Caminho de Santiago

De 7 a 11 de setembro, no Mosteiro de Leça do Balio. Consulte o programa.


“Os Hospitalários no Caminho de Santiago” estão de regresso! De 7 a 11 de setembro, a zona envolvente ao Mosteiro de Leça do Balio volta a transformar-se no cenário de uma das mais importantes recriações históricas do país. No século XII, o Mosteiro de Leça do Balio tornou-se a primeira sede da Ordem dos Cavaleiros de S. João de Jerusalém do Hospital, por isso conhecidos como “hospitalários”. O local desempenhou um importante papel na assistência aos peregrinos que demandavam o túmulo do apóstolo Santiago em Compostela, providenciando assistência anímica e médica. Afonso Henriques e Sancho I passaram por ali a caminho de Compostela, tal como a rainha Santa Mafalda ou D. Nuno Álvares Pereira, o santo condestável. O momento mais aguardado desta recriação histórica será no dia 11 de setembro, dia em que é esperada uma enchente no recinto. Pelas 16h30, será recriado o casamento real entre D. Fernando e D. Leonor Teles. Este ano, o ator António Camelier, conhecido pelo seu papel na série “Lua Vermelha” e mais recentemente pela participação nas novelas “A Serra” e “Lua de Mel”, desempenhará o papel de D. Fernando, enquanto o de D. Leonor será interpretado pela bailarina e coreógrafa Vanda Gameiro, conhecida pelos seus grandes espetáculos e pela sua participação no programa “Dança com as Estrelas”. Celebrado em 1372, este casamento real é um dos episódios mais marcantes da monarquia portuguesa, pois esteve envolvido em muita polémica. Foi o único casamento real a ser celebrado fora da capital. Contra a vontade de todos, D. Fernando casa com D. Leonor Teles tornando-a rainha de Portugal. A cerimónia ocorre no Mosteiro de Leça do Balio, debaixo de protestos por parte do povo, reprimidos violentamente pelo rei, dando origem aos acontecimentos que, anos mais tarde, despoletaram a crise política de 1383- 1385. Todos os anos, a Câmara Municipal de Matosinhos convida duas figuras públicas a participar neste evento e a “vestir a pele” destas duas importantes personalidades históricas. Mas há muito mais para ver na Feira Medieval em Leça do Balio. Para além das tabernas de petiscos e bebidas e das barraquinhas da doçaria conventual, os visitantes têm a oportunidade de assistir ao trabalho executado ao vivo pelos vários artesãos, interagir com as várias personagens da época como os bobos, malabaristas, acrobatas e saltimbancos, cavaleiros, mercadores, encantadores de serpentes e assistir a várias recriações de lendas. O evento oferece ainda animação, música e dança, visitas guiadas ao património, torneios a cavalo, treinos de armas e de aves, oficinas para os mais novos, entre muitas outras atividades. Consulte aqui o programa.