top of page

PAN quer criar linha informativa para os munícipes pouparem nas faturas da energia

Apoiar os munícipes a poupar nas faturas da energia



O PAN - Pessoas-Animais-Natureza apresenta hoje, em sede de Assembleia Municipal de Matosinhos, uma recomendação que insta a Câmara Municipal de Matosinhos para a criação de uma linha informativa para os munícipes que procurem poupar nas faturas de energia.

As autarquias são um nível de governação bastante próximo dos cidadãos e cidadãs com um papel muito importante na descarbonização e no combate à pobreza energética. A transição para energias renováveis só é possível com ações efetivas de todos: organizações públicas e privadas mas também com o envolvimento dos cidadãos e cidadãs individualmente.

“Seria benéfico que o município auxiliasse os munícipes a encontrar as melhores soluções, o mais rapidamente possível para que estes saibam como apostar na utilização eficiente de energia, na produção e armazenamento de energia renovável, alerta Albano Lemos Pires, deputado municipal."

Considerando que:

• Se avizinha um longo inverno por fruto do contexto de guerra que vivemos na Europa, desencadeado pela brutal e inumana invasão da Ucrânia;

• A União Europeia está a planear uma "reforma profunda e abrangente do mercado da eletricidade" e a estratégia para tornar a UE mais independente do ponto de vista energético da Rússia está assente em aumentar as energias renováveis, mobilizar a economia de energia e diversificar as fontes de energia.

• Investir em painéis solares e bombas de calor, juntamente com a renovação de edifícios e medidas de eficiência energética, nos aproximará do Compromisso do Acordo de Paris, ao mesmo tempo isola o regime terrorista de Putin e mitiga a pobreza energética;

• A nível nacional também está prevista a implementação de uma estratégia nacional de combate à pobreza energética;

• As autarquias são um nível de governação bastante próximo dos cidadãos e cidadãs com um papel muito importante na descarbonização e no combate à pobreza energética.

• A transição para energias renováveis só é possível com ações efetivas de todos: organizações públicas e privadas e também os cidadãos e cidadãs individualmente.

• É necessário que o município atue de forma preventiva, o mais rapidamente possível;

• Queremos um município justo e resiliente que aposte na utilização eficiente de energia, na produção e armazenamento de energia renovável.


Face ao exposto, vem o deputado municipal do PAN propor que a Assembleia Municipal de Matosinhos, na sua Sessão Ordinária de 26 de Setembro de 2022, delibere recomendar à Câmara Municipal de Matosinhos que:

• Crie um espaço de proximidade ou uma linha de esclarecimento e apoio aos e às munícipes, com o objetivo de dotar as pessoas e/ou famílias da informação necessária para reduzirem os seus custos com energia através da implementação de medidas de eficiência energética e de produção descentralizada de energia renovável assim como apoio à submissão de candidaturas às oportunidades de financiamento nacional nesta área;

• Intervenha no apoio e dinamização de novas comunidades de energia renovável no município;

• Venha a dotar a habitação municipal de painéis de captação de energia renovável – Solar – com baterias para acumular energia que permitam servir a habitação e infraestruturas próximas;

Yorumlar


bottom of page