Pedro Burmester na Real Vinícola

Sábado, 12 de novembro, pelas 19h00. Entrada livre.


Pedro Burmester estará no próximo sábado, 12 de novembro, na Real Vinícola, para mais um concerto inserido no ciclo de piano desenvolvido pela Câmara Municipal de Matosinhos no âmbito da temporada da música clássica para 2022. O ciclo de piano apresenta, até dezembro, concertos com alguns dos melhores pianistas nacionais. Depois de Vasco Dantas e António Oliveira, o próximo concerto deste ciclo de piano trará Pedro Burmester e Marco Pereira (violoncelo) ao estúdio da Orquestra Jazz de Matosinhos na Real Vinícola. O terceiro concerto deste ciclo de piano é uma oportunidade feliz para ouvir o pianista Pedro Burmester numa espécie de dupla performance. Num concerto de música de câmara, com o violoncelista Marco Pereira, a executar a Sonata para violoncelo e piano em Sol Menor, op. 19, de Sergei Rachmaninoff (1873-1943), e num concerto para piano solo, a interpretar a Sonata em Si Menor, S.178, de Franz Liszt (1811-1886). A Sonata para violoncelo e piano em Sol Menor, op. 19 é considerada a obra mais importante e fascinante de música de câmara de Sergei Rachmaninoff. Foi composta em 1901 e dedicada ao violoncelista Anatoly Brandukov que a apresentou, publicamente, em Moscovo, nesse mesmo ano, acompanhado pelo próprio compositor ao piano. Nesta sonata para dois instrumentos, o piano afasta-se do simples papel de acompanhamento e assume uma dimensão solística e de diálogo, em igualdade de circunstâncias, com o violoncelo. Uma sonata para violoncelo e piano, onde muitos dos temas são apresentados, primeiro, no piano e depois desenvolvidos e embelezados pelo violoncelo. Recorde-se que os concertos são gratuitos (entradas limitadas à lotação do espaço) e decorrerão no estúdio da OJM, na Real Vinícola, pelas 19h00. O ciclo de piano do programa de Música Clássica de Matosinhos para 2022, está enquadrado na política cultural do município, dando continuidade a uma estratégia que é seguida há vários anos pela autarquia, reconhecida nacionalmente pela sua qualidade e diversidade.