top of page

Prejuízos devido ao mau tempo no Norte vão em 60,5 milhões de euros

A contabilização dos prejuízos causados pelo mau tempo no Norte, em dezembro e janeiro, vai nos 60,5 milhões de euros, excluindo o setor privado, disse no parlamento, o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR)



António Cunha explicou que o valor se divide entre 50,5 milhões de euros de reportados por 48 municípios, e o restante de estruturas públicas como o Ministério da Administração Interna (MAI), o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) e a Infraestruturas de Portugal (IP).

Não incluída está a muralha da Fortaleza de Valença (distrito de Viana do Castelo), cuja “solução técnica” para o restauro está a ser encontrada pela câmara municipal, adiantou António Cunha.

O presidente da CCDR-Norte disse ainda que, a exemplo do que sucedeu nos incêndios no verão, “o Governo atribuirá uma componente na qual irá financiar estas verbas”.

bottom of page