top of page

Rolhas contribuem para a plantação de árvores

Material recolhido será transformado e terá outra finalidade



Matosinhos é um dos cinco municípios que aderiu ao projeto “Rolha a Rolha, Semeie a Recolha”, um projeto desenvolvido desde 2021 em parceria com a LIPOR e a Quercus. O objetivo é incentivar a reciclagem da cortiça e contribuir para a reflorestação em Portugal.

As rolhas recolhidas porta-a-porta em restaurantes, hotéis, cafés e padarias são transformadas e reintegradas em revestimentos, isolamentos, memoboards, caiaques de alta competição, raquetes de badmínton, bolas de ténis e de críquete, componentes de automóveis e aviões, peças de design e de moda.

Por cada 50 rolhas recolhidas, é plantada uma árvore autóctone.

Dos 490 estabelecimentos (restaurantes, hotéis, cafés e padarias) aderentes deste projeto, 20 situam-se no concelho de Matosinhos. São eles: ASSOCIAÇÃO DE BILHAR DO VIDAS, BUFETE M-MRUA, ESTRELA DO MARRUA, LAREIRA, CONFEITARIA GRACIOSA, SWAADA, AVÔ ARNALDO, GOMIL, RODÍZIO GAUCHO, ROMA DOCE, TOUPEIRINHO, BULLS, CAFE LUZ VERDE, O PORTENHO, GAO -COZINHA VEGETARIANA, INTERNACIONAL, MOÇAMBIQUE, 100 FOME, MARIAZINHA e VENGA TAPISCARIA IBÉRICA.

Só no ano passado, foram enviados para reciclagem 1200 kg de rolhas de cortiça, o que perfaz um total de 240.240 rolhas de cortiça recolhidas, evitando assim a emissão de 286,75 kgCO2e, para a atmosfera.

Os municípios de Matosinhos, Maia, Porto, Póvoa de Varzim e Vila do Conde vão agora plantar 4800 árvores nos seus territórios.

bottom of page