top of page

UNIR deverá entrar em funcionamento com um mês de atraso – 1 de dezembro

A data de início de funcionamento da UNIR, o serviço público de transporte rodoviário da Área Metropolitana do Porto, foi prolongado até 1 de dezembro



A Unir, a nova rede de autocarros da Área Metropolitana do Porto (AMP), vai arrancar um mês depois do previsto, por causa de “algumas dificuldades” com a entrega dos veículos.

«A Área Metropolitana do Porto (AMP) informa que deliberou a prorrogação do período de transição por 30 dias nos contratos de serviço público de transporte rodoviário de passageiros dos Lotes 2 a 5, em conformidade com as disposições contratuais e regulatórias pertinentes», comunica a entidade em nota informativa.

A primeira-secretária da Comissão Executiva Metropolitana, Ariana Pinho, citada pelo Porto Canal, refere que está a verificar-se “uma elevada dificuldade na entrega dos autocarros, que está sobejamente atrasada. Não há nenhum operador que tenha 100% da frota disponível”.


A UNIR contará com uma rede de mais de 430 linhas, adotando-se em exclusivo o sistema Andante. Os autocarros terão uma imagem comum em todo o território e funcionarão sob as mesmas regras e padrões de qualidade.

Comentários


bottom of page