Biblioteca promove atividade inclusivas

“Não ver e aprender” e “Crianças iguais, histórias diferentes” nas escolas do concelho


A Biblioteca Municipal Florbela Espanca tem vindo a desenvolver diversas atividades de promoção do livro e da leitura e de sensibilização para o respeito pela “diferença”, contribuindo para a construção de uma sociedade inclusiva junto da comunidade educativa do concelho de Matosinhos. O atelier “Não ver e aprender” e o projeto “Crianças iguais, histórias diferentes”, este último em colaboração com a Associação Plano I, são dois exemplos disso. Na primeira ação, é explorada a realidade das pessoas com deficiência visual. Com jogos e construção de frases dá-se a conhecer a história de um menino cego que trouxe ao mundo uma outra forma de ler - o Braille. Já no projeto “Crianças iguais, histórias diferentes”, são contadas histórias diferentes, que mostram que nas nossas diferenças somos todos iguais. Todas as atividades promovidas são gratuitas, garantindo-se assim o acesso democrático à cultura e ao lazer, e dirigidas às escolas do concelho de Matosinhos. Se pretende levar o atelier “Não ver e aprender” a uma escola de Matosinhos, saiba que esta atividade está disponível, mediante marcação, de terça a sexta pelas 11h ou 15h. Já o projeto “Crianças iguais, histórias diferentes” decorre uma vez por mês nas escolas, pelas 11h, também mediante agendamento com os serviços da Biblioteca Municipal da autarquia. As próximas sessões vão-se debruçar sobre diferentes temáticas. Em janeiro irá ser abordado o “preconceito”, em fevereiro a “ identidade de género”, em março os ”direitos Humanos “ e em abril a “diversidade familiar”. A Biblioteca promove ainda ateliês, no decurso das paragens letivas, e a celebração de dias comemorativos, como o Dia Internacional do Livro Infantil e o Dia Mundial do Livro. Mais informações e inscrições em bmfe@cm-matosinhos.pt