top of page

Bombeiros voluntários envolvidos no combate aumentados para 64 euros por dia

Os bombeiros voluntários que integram o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) vão receber este ano 64 euros por dia, mais três euros do que em 2022, segundo a diretiva financeira que entra em vigor no sábado, dia 15 de abril



Aprovada esta semana pela secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, a diretiva estabelece a comparticipação do Estado às despesas resultantes das intervenções dos corpos de bombeiros nos diferentes dispositivos operacionais da proteção civil, nomeadamente no DECIR.

Além do aumento do valor diário que cada bombeiro voluntário vai receber, de 61 para 64 euros, a comparticipação diária aos elementos de comando também sobe de 71 para 74,7 euros, segundo a diretiva financeira, a que Lusa teve acesso.

O documento contempla também um aumento de 5,1% do valor dos pagamentos diários efetuados ao pessoal que integra as equipas de intervenção e outros grupos de reforço.

Este ano serão também atualizados em cerca de 7,8% os montantes das despesas com alimentação, passando o valor do almoço e do jantar de 10 para 10,80 euros e as refeições ligeiras de 2,75 para três euros.

As tabelas referentes aos valores a pagar por avaria ou dano de equipamentos e veículos operacionais são também atualizadas.

Segundo o documento, este ano haverá um aumento médio de 10% dos valores de referência para veículos e de 5% para os equipamentos.

Comments


bottom of page