Viagem Medieval quase a começar

Últimos preparativos na envolvente do Mosteiro de Leça do Balio


Está quase tudo pronto para mais uma edição dos “Hospitalários no Caminho de Santiago”. Depois de se terem apresentado à população durante dois anos num formato diferente, devido à situação pandémica vivida, “Os Hospitalários no Caminho de Santiago” estão de regresso a Matosinhos, ao Mosteiro de Leça do Balio e ao seu formato habitual prontos para acolher milhares de pessoas. Ao longo de cinco dias, de 7 a 11 de setembro, as cores, a música, os aromas e sabores, da época medieval vão voltar a ser recriados num evento, que conta já com 17 edições e que, todos os anos, vai somando cada vez mais adeptos. No recinto criado na zona envolvente ao Mosteiro de Leça do Balio, são já visíveis as tendas, adereços e decorações para a Feira Medieval que arranca já amanhã, quarta-feira. Para além da animação, música e dança, visitas guiadas ao património, torneios a cavalo, treinos de armas e de aves, oficinas para os mais novos, tabernas de petiscos e bebidas, barraquinhas de doçaria conventual, os visitantes poderão assistir ao trabalho executado ao vivo por cerca de 30 artesãos, interagir com as várias personagens da época como os bobos, malabaristas, acrobatas e saltimbancos, cavaleiros, mercadores, encantadores de serpentes e assistir a várias recriações de lendas. Promovida pela autarquia, esta recriação histórica surgiu com o intuito de promover os Caminhos de Santiago no concelho, bem como divulgar o Mosteiro de Leça do Balio, um dos monumentos mais emblemáticos do Norte de Portugal cujas origens remontam ao século X. No século XII, tornou-se a primeira sede da Ordem dos Cavaleiros de S. João de Jerusalém do Hospital, por isso conhecidos como “hospitalários”. O local, recorde-se, desempenhou um importante papel na assistência aos peregrinos que demandavam o túmulo do apóstolo Santiago em Compostela, providenciando assistência anímica e médica. Afonso Henriques e Sancho I passaram por ali a caminho de Compostela, tal como a rainha Santa Mafalda ou D. Nuno Álvares Pereira, o santo condestável. O Mosteiro de Leça do Balio continua, ainda hoje, a ser um local de referência e de passagem obrigatória para quem, nesta região, percorre os Caminhos de Santiago, classificados pela UNESCO como Itinerário Cultural da Humanidade. Neste ano de 2022, ano Jacobeu, vai ser dado destaque à importância dos Caminhos de Santiago e da Ordem do Hospital. Um dos momentos mais aguardados desta recriação histórica decorrerá no dia 11 de setembro, dia em que é esperada uma enchente no recinto. Pelas 16h30, será recriado o casamento real entre D. Fernando e D. Leonor Teles. Este ano, o ator António Camelier, conhecido pelo seu papel na série “Lua Vermelha” e mais recentemente pela participação nas novelas “A Serra” e “Lua de Mel”, desempenhará o papel de D. Fernando, enquanto o de D. Leonor será interpretado pela bailarina e coreógrafa Vanda Gameiro, conhecida pelos seus grandes espetáculos e pela sua participação no programa “Dança com as Estrelas”. Veja aqui a programação completa: https://www.cm-matosinhos.pt/cmmatosinhos2020/uploads/writer_file/document/28955/programa___hospitalarios_no_caminho_de_santiago_2022.pdf