Camilla George no Matosinhos em jazz

Saxofonista encheu Jardim Basílio Teles

Camilla George apresentou-se no passado domingo no Coreto do Jardim Basílio Teles para mais um espetáculo inserido no Festival “Matosinhos em Jazz”. Saxofonista de improviso, compositora e professora de Londres, tem trabalhado com os Tomorrows Warriors e a Nu Civilization Orchestra, incluindo uma digressão pelo Reino Unido em que se apresentou em vários locais de prestígio, como o Queen Elizabeth Hall. Refira-se que o álbum de estreia de Camilla, 'ISANG', com a convidada especial Zara McFarlane nos vocais, foi lançado no Ubuntu Music no final de 2016, com aclamação excecional da crítica. Esta é a 3ª edição do renovado festival de música Matosinhos em Jazz. Previsto para os anos 2020 e 2021, está agora de regresso, durante os fins de semana de julho, ao Coreto do Jardim Basílio Teles com convidados e momentos especiais para finais de tarde memoráveis com espetáculos de entrada livre. O “Matosinhos em Jazz” teve início a 1 de julho com a exposição de obras criadas por vários artistas portugueses. O desafio do festival consiste numa releitura de capas icónicas da história mundial do jazz. André Tentúgal, Clara Não, Joana Linda, João Fazenda e Vasco Gargalo formam o leque de artistas que aceitaram o desafio de repensar capas icónicas de álbuns de artistas como Charles Mingue, Nina Simone, Ornette Coleman, Sonny Rollins, e Chet Baker. A exposição no Jardim Basílio Teles está patente até 31 de julho. Veja aqui a programação completa do festival https://www.cm-matosinhos.pt/servicos-municipais/comunicacao-e-imagem/eventos/evento/festival-matosinhos-em-jazz-15