top of page

Cirurgias programadas atingem 106 dias de espera em Portugal

Maior incumprimento verificou-se nas cirurgias urgentes. Num total de 274 intervenções apenas 67% das operações foram realizadas depois das 72 horas indicadas



Realizar uma cirurgia programada obrigou a um tempo máximo de espera de 106 dias no primeiro semestre deste ano. Tempo que representou um agravamento de seis dias face aos cem dias registados no primeiro semestre do ano passado.

Os dados divulgados da Entidade Reguladora da Saúde indicam que os tempos máximos recomendados variam entre 72 horas numa cirurgia de urgência e os 180 dias, quando é definida uma prioridade normal.

Comments


bottom of page