Criminalidade diminuiu em Matosinhos

Menos furtos e menos crimes violentos e graves nos últimos dois anos

Entre 2020 e 2021, os principais índices de criminalidade diminuíram no concelho de Matosinhos.

Dados do Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública do Porto revelam uma redução de 4,4% na criminalidade geral e de 4,9% na criminalidade violenta e grave. No caso concreto de furtos, houve uma redução 5,1%.

Também no que respeita a detenções, o número baixou em 16%, passando de 156 para 131.

Relativamente à criminalidade violenta e grave, registou-se uma quebra nos crimes de rapto, sequestro e tomada de reféns, roubos na via pública, roubos a postos de abastecimento de combustível, roubos em transportes públicos, e em situações de resistência e coação sobre funcionário.

No que diz respeito a crimes de homicídio voluntário consumado e de violação, roubos de viaturas, a instituições bancárias, farmácias, ourivesarias, correios, edifícios comerciais ou industriais, escolas e transporte de valores, não se verificou qualquer situação entre 2020 e 2021. O mesmo se constatou nos crimes relacionados com pirataria aérea, terrorismo nacional e internacional, associação criminosa, entre outros.

Passando à criminalidade geral, os furtos, em situações de delinquência juvenil, diminuíram 56,3%.

Na mesma tendência decrescente, surgem os furtos de veículos motorizados, de produtos agrícolas, de residências e lojas sem arrombamento, em supermercados, por carteiristas, entre outros.

Por fim, no que se refere a detenções, a maioria diz respeito ao tráfico de estupefacientes. Por outro lado, houve menos situações de condução de veículo com uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 1,2, de condução sem carta, de posse ou tráfico de armas.