Festival “Matosinhos em jazz”

Jéssica Pina no Jardim Basílio Teles

O coreto do Jardim Basílio Teles recebeu no domingo mais um concerto inserido no Festival “Matosinhos em Jazz”.

Jéssica Pina foi a segunda atuação no Festival. Compositora, instrumentista e cantora, encetou o seu caminho na música, junto do seu instrumento de eleição: o trompete. O trilho percorrido até aqui, com formação jazzística, levou-a a ser convidada por Madonna para integrar a digressão Madame X WorldTour da estrela internacional. Após a experiência mundial, Jéssica Pina regressou a Portugal e investiu no seu EP “Vento Novo”, composto por 4 faixas, onde a artista arrisca na composição e nos textos cantados por si.

Recorde-se que, além da música, o festival apresenta, até ao final deste mês, uma exposição de obras criadas por vários artistas portugueses a partir de capas icónicas da história mundial do jazz. André Tentúgal, Clara Não, Joana Linda, João Fazenda e Vasco Gargalo formam o leque de artistas que aceitaram o desafio de repensar capas icónicas de álbuns de artistas como Charles Mingue, Nina Simone, Ornette Coleman, Sonny Rollins, e Chet Baker.

A exposição no Jardim Basílio Teles fica patente até 31 de julho.

Para o próximo fim se semana o “Matosinhos em Jazz” apresenta outras propostas, desta vez provenientes do Reino Unido. No dia 16 de julho, poderá assistir ao concerto de Alfa Mist, e no dia 17 de julho será a vez de Camilla George nos presentear com a sua exibição. Ambos os concertos decorrem no coreto do Jardim Basílio Teles, pelas 18h00, e têm entrada livre.