top of page

Incêndio na cadeia de Santa Cruz do Bispo faz feridos e obriga à transferência de 27 reclusos

Recluso pegou fogo à cela que partilhava com outro recluso. Incêndio fez 15 vítimas por inalação de fumo, sendo que dois guardas prisionais e dois reclusos ficaram com ferimentos ligeiros.

 


Um incêndio deflagrou numa cela no Estabelecimento Prisional masculino de Santa Cruz do Bispo na noite desta terça-feira, 4 de maio, fazendo vários feridos, todos pela inalação de fumo.

O alerta foi dado pelas 20h44 e para o local foram acionadas várias corporações de  bombeiros, sendo que às 21h30, o incêndio já tinha sido dominado.

Dois guardas prisionais e dois reclusos ficaram com ferimentos ligeiros na sequência do incêndio, sendo que 11 reclusos foram assistidos no local. Os dois guardas foram posteriormente observados no hospital, por precaução.

"Releva-se que estes dois elementos da vigilância foram os que procederam à abertura de celas e ao encaminhamento dos reclusos (95) do pavilhão para o recreio a céu aberto, colocando-os ao abrigo do fumo", destacou a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

A DGRSP informou que 13 reclusos serão transferidos para o Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira e 14 para o de Vale do Sousa.

Segundo a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), estiveram no local 26 operacionais e 12 viaturas, das corporações de São Mamede de Infesta, Leça do Balio e Leixões. Uma equipa da viatura médica de emergência e reanimação do hospital Pedro Hispano, de Matosinhos, também estiveram no local. A GNR também foi acionada para o local.

Comments


bottom of page