top of page

Jamie Oliver andou pelo Porto e provou francesinha, “a sande mais louca de sempre”

Em “24 horas”, o famoso chef britânico provou sardinhas na Afurada, peixe fresco de Matosinhos, ginjinha em copo de chocolate, e francesinha, “a sandes mais extravagante e louca de sempre”.



Jamie Oliver esteve no Porto em Fevereiro de 2022, acompanhado por uma equipa de filmagens. Na altura, soube-se que visitou várias casas icónicas da cidade, mas o motivo ficou em segredo. Até agora. No sábado, o famoso chef britânico publicou um vídeo nas redes sociais com “um pequeno destaque” do que fez pela região, revelando “algumas das coisas deliciosas” que teve “a sorte de experimentar”.

Com “apenas 24 horas para explorar” o Porto e a zona costeira, “sem tempo para planear muito”, diz no vídeo, Jamie Oliver aparece a passear por algumas das zonas mais icónicas da cidade – “enlouqueceram com os azulejos”, graceja – e a provar vários ex-líbris portugueses, uns mais tradicionais da região do que outros.

N'A Pérola do Bolhão experimenta tremoços, “delicious”, e ginjinha em copo de chocolate, “amazing”, gritando um “viva, Portugal”. Já na Afurada, na Taberna de São Pedro, a refeição faz-se de sardinhas e pão grelhados sobre o carvão. “Tão fresco, tão bom”, sublinha.

Depois de uma ida ao Mercado de Matosinhos, onde as máscaras sobre os rostos confirmam que as filmagens não serão recentes, Jamie Oliver prepara um banquete de peixe e marisco com arroz de tomate, peixe-galo e amêijoas à Bulhão Pato, entre outras iguarias.

Com a noite a cair, vê-se o chef regressar às ruas do Porto para, no Café Santiago, terminar o périplo gastronómico com uma francesinha. É “boa”, vaticina, entre garfadas e gargalhadas. Mas também “a sande mais extravagante, louca de sempre”.

“Que experiência viajar e comer pelo lindo Portugal e conhecer pessoas incríveis e interessantes", escreve na descrição da publicação no Instagram. "A culinária local autêntica, com os ingredientes mais frescos, realmente surpreendeu-me!”


Kommentare


bottom of page