Marcha pela paz

Iniciativa do Agrupamento de Escolas Professor Óscar Lopes

Trata-se de uma iniciativa no âmbito dos projetos Living Peace, “Olhar o Mundo Através Dos Olhos Do Outro” e UBUNTU. Vestidos de branco, alunos, professores, auxiliares e encarregados de educação reuniram-se, com flores e mensagens de paz, no parque de estacionamento da estação de metro do Hospital Pedro Hispano e percorreram as avenidas Villagarcia de Arosa e D. Afonso Henriques. A Marcha pela Paz terminou junto ao Edifício dos Paços do Concelho. A esta iniciativa juntou-se o Centro Cultural de Solidariedade Social de Guifões. Os participantes foram recebidos pela Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, e pelo Vereador da Educação da autarquia, António Correia Pinto. A propósito da guerra na Ucrânia, da destruição, dos milhares de feridos e mortos e da fuga de milhões de pessoas, Luísa Salgueiro afirmou que “vivemos tempos inacreditáveis”. “As pessoas da minha geração nunca pensaram assistir a uma guerra na Europa. O que está a acontecer na Ucrânia é algo intolerável, disse. Dirigindo-se especificamente aos jovens, a edil salientou que “a vossa responsabilidade é fazer com que isto nunca mais aconteça”. “Não compactuem com a injustiça. Somos verdadeiramente iguais. Temos os mesmos direitos. Nunca deixem de erguer a vossa voz pela liberdade, pela igualdade, pela paz”, apelou.