top of page

Matosinhos quer ser Cidade Europeia do Desporto em 2025

Matosinhos apresenta candidatura para 2025


“Há dois anos que começamos a preparar-nos para esta candidatura. Nunca hesitamos. Somamos todas as peças, todas as coletividades e entidades, todos os parceiros desta rede de proximidade. Temos a certeza de que Matosinhos vai ser Cidade Europeia do Desporto em 2025”, disse no dia da candidatura, quinta feira 6 de abril, a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, no Terminal de Cruzeiros de Leixões. A atribuição do título- Cidade Europeia do Desporto- é levada a cabo pela Associação das Capitais e Cidades Europeias do Desporto. A candidatura de Matosinhos conta com o apoio da Associação Portuguesa das Cidades Europeias do Desporto (APCED). O anúncio do vencedor está previsto para o próximo mês de outubro. O programa da apresentação da candidatura iniciou-se no Edifício dos Paços do Concelho, com a realização de uma aula de ginástica laboral que envolveu a participação de funcionárias da autarquia, prosseguindo a visita no Museu da Memória de Matosinhos. De seguida, na marginal de Matosinhos, decorreram um conjunto de atividades desportivas ao ar livre, com a participação de centenas de atletas de dezenas de coletividades em várias modalidades, como basquetebol, skate, aulas fitness, ténis de praia, dança, bicicleta, entre muitas outras. No mar, destacaram-se atividades como o surf, a vela e o mergulho. Também no exterior do Terminal de Cruzeiros, a comitiva assistiu à demonstração de hipismo, capoeira, desportos motorizados, entre outros. No topo, os convidados presenciaram um momento de patinagem artística e de dança. Já no interior, a sessão foi conduzida pelo jornalista desportivo João Ricardo Pateiro, que salientou que “o desporto faz parte do ADN de Matosinhos”. Na plateia, estiveram inúmeras personalidades ligadas ao desporto como os ex-futebolistas Vítor Baía, Eurico Gomes, Carlos Brito ou António Frasco, o árbitro Artur Soares Dias, entre outras glórias do futebol. O presidente da APCED, Nuno Santos, reconheceu a “capacidade de mobilização do município neste projeto”, fator que considerou determinante para ter “sucesso na candidatura”. “O nosso pilar é o Desporto para Todos. A Cidade Europeia do Desporto é um projeto de desporto e de saúde para as pessoas. Portugal ganhou cinco vezes o prémio de melhor Cidade Europeia do Desporto”, sublinhou, desejando boa sorte para a candidatura. Cerca de 30% da população residente do concelho (mais de 50.000 pessoas) pratica pelo menos uma atividade desportiva regular, seja formal e competitiva, seja informal e não competitiva, e em diversos ambientes como as escolas, piscinas e ginásios municipais, clubes e instituições desportivas, academias e ginásios privados, praias, passadiços, marginais, praças e jardins. Matosinhos conta com 115 coletividades e mais de 10 mil atletas federados, em 45 modalidades. Além do apoio à prática desportiva em todas as faixas etárias, incluindo o desporto adaptado e inclusivo, o município, nos últimos quatro anos (incluindo os da pandemia), organizou, apoiou e recebeu mais de 1.000 eventos desportivos, entre os quais mais de 700 atividades viradas para o desporto informal e para os cidadãos, na maioria gratuitas. A candidatura de Matosinhos pretende, como tal, universalizar, ainda mais, a prática do desporto. Em 2025, estão previstos cerca de mil eventos, com a participação estimada de cerca de 200 mil pessoas, em várias modalidades. “Que orgulho foi esta manhã. Que emocionante foi percorrer esta marginal. Tenho a certeza de que em outubro vamos ter uma grande festa”, concluiu a presidente da autarquia, depois de entregar a Nuno Santos uma caixa com o documento da candidatura e outros itens relacionados com Matosinhos e a sua história. A candidatura conta com um site oficial www.matosinhosced2025.pt , que disponibiliza todas as informações relevantes na área desportiva do concelho. Além de Luísa Salgueiro, marcaram presença o Diretor Regional do Norte do Instituto Português do Desporto e Juventude, Vítor Baltazar Dias, a presidente da Assembleia Municipal, Palmira Macedo, o vice-presidente da autarquia, Carlos Mouta, os vereadores Manuela Álvares, Fernando Rocha, António Correia Pinto, Vasco Pinho, Bruno Pereira, Pedro Rodrigues, Sérgio Meira e José Pedro Rodrigues, os administradores das empresas Matosinhos Sport, Henrique Calisto, e MatosinhosHabit, Helena Vaz, os presidentes das quatro uniões de freguesia, Lurdes Queirós, Leonardo Fernandes, Pedro Gonçalves e Paulo Ramos Carvalho, entre outras figuras.

Comments


bottom of page