Museus de Matosinhos premiados pela APOM

1.º Prémio para o MuMMA e Menção Honrosa para o Museu da Quinta de Santiago


Matosinhos marca presença na Academia Militar, na Amadora, na cerimónia de atribuição de prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM), entidade nacional dos profissionais de museus, criada em 1965, durante a qual estão a ser atribuídos vários prémios que visam realçar a importância do papel desempenhado pelos museus e pela profissão museológica em cada comunidade e entre povos e culturas. Até ao momento, Matosinhos obteve duas distinções. O MuMMa, Museu da Memória de Matosinhos, obteve o 1º lugar da APOM na Aplicação de Gestão e Multimédia. O Museu da Memória de Matosinhos foi, e é, um projeto pensado e programado explorando as potencialidades das ferramentas tecnológicas contemporâneas, recorrendo ao uso fundamental da multimédia no processo de comunicação museológica e discurso museográfico, permitindo assim, aos visitantes, a contextualização de temáticas, narrativas e objetos expostos. Nesse sentido, o MuMMa proporciona ao público nas suas visitas uma ampla diversidade de recursos multimédia de exploração de conteúdos através de tablets, smartphones, óculos RV 360°, monitores touch com imagens 360°, projeções em videomapping, monitores, e terminais de consulta de conteúdos, nunca descurando a relevância das materialidades expostas. Desta simbiose resulta um museu capaz de captar a atenção de todas as gerações, desde as camadas mais jovens às mais velhas. Já o Museu da Quinta de Santiago foi distinguido com menção honrosa na mesma categoria, Aplicação de Gestão e Multimédia, com “Matosinhos ARt”: app aplicada à exposição “25 anos depois… Coleção de Arte Municipal 1995/2020”. Esta foi uma exposição retrospetiva dos últimos vinte e cinco anos de aquisições de obras de arte nos quais a autarquia de Matosinhos tem investido para enriquecer o seu acervo artístico de carácter público, tornando-a uma das mais importantes coleções municipais. Com o objetivo de criar uma maior proximidade com o seu público, bem como responder a uma necessidade de adaptação à era digital, foi desenvolvida de raiz a app “Matosinhos ARt”, em que durante a experiência de realidade aumentada, foi possível observar conteúdos animados em 2D e em 3D que dão vida às obras de arte. Assim, ao apontarem com o seu dispositivo móvel para os quadros selecionados foi possível observar, por exemplo, um dos famosos “Robots” de Augusto Gomes a tentar desemaranhar-se dos arames que o rodeava, ou os castiços “Saltimbancos” da Rua do Godinho, do mesmo artista, a performar para o público. Refira-se, ainda, que o MuMMA é também candidato a galardão nas categorias de Melhor Museu do Ano e Exposição temporária. Durante o dia de hoje serão atribuídos pela APOM prémios de mais trinta categorias.