Noite Europeia dos Museus

Museu da Quinta de Santiago e Museu da Memória assinalaram a data com diversas atividades


A Noite Europeia dos Museus - uma iniciativa criada em 2005 pelo Ministério francês da Cultura e da Comunicação. No Museu Quinta de Santiago, a programação começou às 19h com a oficina pedagógica “Cardumes no Museu” para explorar a exposição “Profundezas” de Elisa Ochoa. Depois, às 22h, a sessão foi dupla: enquanto crianças e jovens mergulhavam no imaginário da artista, aos adultos puderam assistir à leitura encenada no interior do museu e envolver-se no enredo da dramaturgia brasileira de Cíntia Alves. Em Matosinhos, no Museu da Memória, a partir das 21h, foi possível conhecer as materialidades arqueológicas, artísticas e documentais, mas também a multimédia e a interatividade, explorando livremente diversos conteúdos. Foi também possível realizar uma viagem virtual por 15 locais emblemáticos de Matosinhos, através de óculos especiais a 360° ou visitar a exposição temporária ‘Fontão: 4.000 anos de História’, dedicada às descobertas recentes e originais em Lavra. O Dia Internacional dos Museus, sob o tema “O Poder dos Museus”, fixado pelo ICOM – Conselho Internacional dos Museus é celebrado anualmente a 18 de maio. As portas das instituições que preservam o património e a identidade de Matosinhos vão estar abertas, participando na reflexão proposta: no Museu Quinta de Santiago, durante todo o dia, poderá visitar a exposição “Profundezas” de Elisa Ochoa. Serão realizadas oficinas pedagógicas dirigidas a grupos escolares e baseadas na exposição. A artista apresenta nesse mesmo dia,18 de maio, às 16h, no Museu da Memória, “Rituais da Memória” - um projeto de arte comunitária que procura dialogar, intervir e transformar as ações de um grupo de 10 mulheres, com idades compreendidas entre os 35 e 97 anos que têm uma relação com a comunidade piscatória e que partilham memórias e objetos ligados às diversas atividades relacionadas com o mar.