Ojm & Manuela Azevedo

4.º e último concerto da 3.ª edição do ciclo de concertos “Jazz na Real Vinícola”

O último concerto da 3.ª edição do ciclo de concertos “Jazz na Real Vinícola” decorreu no sábado, dia 25, tendo mais uma vez como palco a praça da Real Vinícola, em Matosinhos, e trouxe a voz de Manuela Azevedo para uma viagem pela música portuguesa.

Era 1 de julho de 2014 quando a Orquestra Jazz de Matosinhos (OJM) e Manuela Azevedo partilhavam o palco pela primeira vez. A caminho de uma década com mais de duas mãos cheias de concertos, a relação entre a big band e a cantora da pop nacional foi-se aprofundando cada vez mais. Tira-se um tema, experimenta-se outro, criam-se novos arranjos e a sede de descobrir mantém-se como no primeiro dia. Com arranjos de Pedro Guedes e José Pedro Coelho, o reencontro na Real Vinícola propôs uma viagem pelo cancioneiro nacional, passando pela música dos Clã, Samuel Úria ou Sérgio Godinho, e trouxe ainda um tema do lado de lá do Atlântico, “Ela é Dançarina” de Chico Buarque.

Recorde-se que o ciclo de concertos ao ar livre teve início no primeiro sábado de junho com o mergulho quase místico no último disco de Rui Reininho, 20 000 Éguas Submarinas, seguindo-se a música de Ornette Coleman, um dos grandes mestres do jazz, na companhia de dois saxofonistas de gerações distintas como solistas: Perico Sambeat e Ricardo Toscano. O último concerto ficou marcado pelo reencontro da OJM com Telmo Marques, desta vez convidado para dirigir um programa inteiramente preenchido pelas suas próprias transcrições para “Uma Viagem Pelos Tempos do Jazz”.