Portugal vai enfrentar nova vaga de calor

Depois de um mês de julho com calor intenso, o mais quente dos últimos 92 anos, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).



Portugal prepara-se para enfrentar uma nova vaga de calor já a partir deste sábado, 20 de agosto.

O alerta foi dado esta quarta-feira pelo ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, que revelou que a terceira vaga de calor se vai prolongar até setembro.

“No próximo mês, vamos ter tempo em regra mais quente do que os setembros anteriores, entre 50 a 60%, e mais seco, entre 40 a 50%”, adiantou, depois de uma reunião na sede do IPMA.

Tendo em conta a previsão, aumenta também o risco de incêndios, com 50 concelhos “em perigo máximo”, segundo a CNN Portugal.

“Quando há dias disse que não podíamos baixar a guarda, era precisamente a este quadro que me estava a referir, por força da informação que vamos recebendo do IPMA”, completou José Luís Carneiro.