top of page

Restaurante de Matosinhos deixa trabalhadores "na rua e sem salário"

Denúncia lançada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Norte.



O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Norte (STIHTRSN) denunciou esta terça-feira que o restaurante Sabor Típico, em Matosinhos, encerrou e deixou seis trabalhadores "na rua e sem salário".

Em comunicado, o sindicato afirma que os trabalhadores foram hoje confrontados com o estabelecimento encerrado e "com as montras cobertas com toalhetes".

Segundo o STIHTRSN, seis trabalhadores ficaram "sem o salário de dezembro, sem o subsídio de férias e subsídio de Natal" e a gerência "nem sequer passou o modelo para o desemprego".

"Este encerramento é ilegal e é uma violência sobre os trabalhadores, representa um autêntico terrorismo laboral que as autoridades competentes têm de pôr termo", acusa o sindicato.

A Lusa tentou contactar o estabelecimento, mas não obteve resposta, tendo também constatado que o restaurante Sabor Típico, situado na Rua Ló Ferreira, em Matosinhos, aparece como "encerrado permanentemente" nos motores de busca da Internet.

No comunicado, o sindicato diz já ter solicitado a "intervenção urgente" da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) e que tenciona apresentar uma queixa-crime contra a sociedade e o sócio-gerente do estabelecimento.

Comments


bottom of page