top of page

Restaurantes de Matosinhos passam a reciclar cinzas de assadores de peixe

A Câmara Municipal de Matosinhos começou a recolher os resíduos alimentares, cinzas dos assadores de peixe e caixas de esferovite onde o pescado é acondicionado na principal rua de restauração do concelho para reciclar.



Este novo projeto de reciclagem, apelidado de 'Esta rua recicla', arrancou na quarta-feira na Rua Heróis de França e deverá ser alargado aos restantes estabelecimentos comerciais até ao final do ano, referiu hoje aquela autarquia do distrito do Porto, em comunicado.

Aos restaurantes serão disponibilizados equipamentos para depositar os respetivos resíduos que, depois, serão recolhidos por equipas municipais e depositados, explicou.

Agora, para além dos resíduos que habitualmente são separados como o vidro, o papel e o plástico, os restaurantes têm agora recipientes para os resíduos alimentares, cinzas e esferovite, vincou.

O objetivo desta recolha é de dar resposta às necessidades dos restaurantes, mas também valorizar os resíduos enquanto recurso, reforçou o município.

"A autarquia considerou que, na sua estratégia de gestão de resíduos, era importante dar resposta àqueles produzidos pelas especificidades da restauração de Matosinhos", sublinhou.

O projeto 'Esta rua recicla' está a ser implementado em parceria com a Docapesca e a Associação de Restaurantes de Matosinhos, adiantou.

Matosinhos apresenta-se como tendo o 'World´s Best Fish' (melhor peixe do mundo), dado o peixe ser um dos principais produtos turísticos do concelho, fazendo parte dos vários roteiros e guias de promoção gastronómica de norte a sul do país.

Commentaires


bottom of page