top of page

Sapatilhas na Casa do Design

Coleção única de 500 modelos de fabrico nacional


Até 27 de agosto, a Casa do Design dá a conhecer o legado da indústria nacional de calçado desportivo. Com curadoria de Pedro Carvalho de Almeida, a exposição “Sapatilhas - Marcas Portuguesas do Estado Novo ao Virar do Milénio” reúne 500 modelos de sapatilhas representativas de 100 marcas concebidas e fabricadas em Portugal, entre as quais, Sanjo, Cortebel, Celtex, Centro, Cross, Desportex, Gitto’s, Jorui, Mind, Valcor e Xávi Sport. Resultado de uma parceria entre a ESAD - IDEA, Investigação em Design e Arte, e o Instituto de Investigação em Design Media e Cultura (ID+), a exposição foi hoje inaugurada. A cerimónia contou com a presença da presidente da Assembleia Municipal da Câmara Municipal de Matosinhos, Palmira Macedo, do vereador da Cultura, Fernando Rocha, e do diretor científico da ESAD - IDEA, José Bártolo. A exposição está dividida por núcleos. Cada núcleo é dedicado a um tema, a um conjunto de observações, a uma marca estudada com maior profundidade ou a tecnologia usada no fabrico de sapatilhas em Portugal. Na exposição, existe o Repositório, uma instalação audiovisual que pretende ativar a memória com testemunhos, fotografias, vídeos e registo sonoro do ambiente de fábrica. Paralelamente à exposição, decorrerá um ciclo de conversas com moderação do curador Pedro Carvalho de Almeida, onde se irão debater temas associados às pessoas, aos objetos, à cultura e à indústria do calçado desportivo em Portugal. A primeira será no dia 25 de fevereiro e será dedicada aos conteúdos e ao catálogo da exposição. Entre março e junho, discute-se o papel do designer como colecionador, as ligações entre o design, a indústria e o artesanato, e ainda os desafios e oportunidades no desenvolvimento sustentável. A exposição está patente até ao dia 27 de agosto na Casa do Design, de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 12h30, e das 14h00 às 17h30. Ao sábado, domingo e feriado, das 15h00 às 18h00. A entrada é livre.

bottom of page