top of page

Assembleia Municipal de Matosinhos aprova contas de 2022 sem votos contra

A Assembleia Municipal de Matosinhos aprovou, com a abstenção do PSD, BE, PCP, CDS-PP, Chega, IL e independentes, o relatório de contas de 2022 com um resultado líquido de 10 milhões de euros, anunciou esta quinta-feira, dia 20 de abril, a câmara local



A par das abstenções, o PAN e o PS votaram favoravelmente as contas, referiu a autarquia, liderada pela socialista Luísa Salgueiro, em comunicado.

“Um resultado líquido do exercício 194% superior ao ano de 2021, que ascendeu a cerca de 10 milhões de euros”, sublinhou.

Na informação enviada à Lusa, a autarquia destacou a execução da despesa que se fixou em 86,5%, um valor superior em 6 pontos percentuais comparativamente a 2021, ou seja, cerca de 144 milhões de euros.

A câmara sublinhou ainda que 86,8 milhões foram afetos a Grandes Opções do Plano, com um valor de execução orçamental de cerca de 82%, ou seja, superior em 8 pontos percentuais comparativamente com 2021.

Sendo que, destacou, as funções sociais canalizaram um total de 58,4 milhões de euros.

Já a política municipal de habitação contou com 9,2 milhões de euros e a educação 17 milhões de euros, ressalvou.

Na área dos transportes rodoviários, destacou a câmara, o investimento foi de 11 milhões de euros e no comércio e turismo o valor situou-se em 1,2 milhões de euros, num ano em que se verificou o maior registo de visitantes e peregrinos neste concelho do distrito do Porto.

E acrescentou: “de referir que as regras de equilíbrio orçamental foram asseguradas com o município a garantir uma margem de endividamento adicional superior a 27 milhões de euros”.

No comunicado, a autarquia frisou que no ano de 2022 foi necessário enfrentar as variações muito acentuadas dos custos associados à energia, à revisão extraordinária de preços em sede dos investimentos em curso, às dificuldades associadas a redes de abastecimento e à inflação, mas “mais uma vez Matosinhos manteve o foco na sua estratégia e conseguiu levar a bom porto os seus objetivos”.

Commentaires


bottom of page