O Mercado do Futuro

Comemorações dos 70 anos do Mercado de Matosinhos


A 27 de maio de 1952, o então Presidente da República Craveiro Lopes inaugurava o Mercado Municipal de Matosinhos. Ao público, o espaço abriu apenas a 1 de agosto desse mesmo ano. Para assinalar os 70 anos de vida do Mercado de Matosinhos, a autarquia preparou uma programação especial, de 27 de maio a 27 de dezembro, assente em sete pilares - Gentes, Natureza, Gastronomia, Arte, Ofícios, Vida saudável e Comunidade. O objetivo é dar a conhecer melhor a história deste espaço, de vendedores e fregueses, sem esquecer a vizinhança que o rodeia. Um dos momentos mais relevantes realizou-se ontem e contou com a presença da presidente da Câmara Municipal, Luísa Salgueiro, da vereadora do Desenvolvimento Económico, Comércio e Turismo, Marta Pontes, e dos operadores do mercado. O artesão de brinquedos Simão Bolivar apresentou o resultado da residência artística “Mercado de Brincar”: uma” Banca de Brincar”, feita a partir de materiais recuperados dos resíduos, como caixas de ovos, sacos de farinha, caixas de esferovite do transporte do peixe ou garrafas de lixívia para limpeza, que todos os dias são gerados durante o normal funcionamento do mercado e que desta forma ganharam uma nova vida e prometem contar velhas e novas histórias. Simão Bolivar criou ainda um brinquedo em cartão em formato de peixe para ser oferecido aos operadores e visitantes do espaço. “80% dos visitantes/turistas vêm aqui por causa do peixe”, explicou. Já a secretária-geral da Associação Portuguesa de Nutrição apresentou a iniciativa “Bem Saber/Bem Fazer - Setenta boas práticas para ficar a saber a melhor forma de fazer bem… a si… e ao planeta”. Helena Real sublinhou o trabalho de literacia alimentar desenvolvido e a necessidade de “olhar para o alimento com respeito”, de “mitigar o desperdício alimentar produzido”. Foi também inaugurada a exposição “Rostos do Mercado”. Com curadoria do ilustrador Tierri Luís, a mostra apresenta imagens de todos os atuais operadores e funcionários dos Mercados de Angeiras e Matosinhos, juntamente com textos da autoria de Adélia Carvalho. No âmbito da exposição, foi criada a caderneta “Rostos dos Mercados”. Os clientes dos mercados municipais de Matosinhos e de Angeiras são convidados a colecionar os carimbos personalizados com o rosto e nome de cada operador. A presidente da Câmara salientou que o “Mercado é uma representação do que foi, do que é e do que quer ser Matosinhos”, dando como exemplo da convivência entre as tradicionais bancas do peixe, das frutas e legumes, os restaurantes, o empreendedorismo, o design e o turismo. “Tudo acontece neste espaço. Preservamos as tradições, mas com os olhos postos no futuro. Temos a responsabilidade de o deixar ainda melhor às próximas gerações”, frisou Luísa Salgueiro. Consulte toda a programação do 70º aniversário do Mercado Municipal de Matosinhos em https://www.cm-matosinhos.pt/servicos-municipais/comunicacao-e-imagem/eventos/evento/70-anos-do-mercado-municipal-de-matosinhos